Como deixar seu site mais funcional

Como deixar seu site mais funcional, o CEO Rodrigo de Oliveira Neves citou 5 dicas para deixar o seu site mais funcional. Confira as dicas abaixo:

1 – Defina o objetivo – é o ponto de partida para qualquer projeto de criação de sites. A empresa ou o profissional precisam definir a finalidade e a meta do endereço virtual, mesmo que seja puramente institucional. Isso faz com que os desenvolvedores possam estipular os melhores elementos para a página.

2 – Planeje a arquitetura – é preciso planejar a arquitetura da informação, colocando os elementos corretos em seus respectivos lugares. As regiões nobres da página (como o menu superior) devem privilegiar o que foi definido na meta. Por exemplo, se a empresa quer que os usuários preencham formulários de contatos, esta seção pede um bom destaque.

3 – Utilize técnicas de SEO – o simples fato de utilizar imagens com nomes corretos, colocando as melhores tags e deixando o site mais leve ajudam a incrementar o posicionamento em listas de buscas. Isso porque os buscadores costumam dar boas notas para páginas que sabem trabalhar com o conteúdo, elevando naturalmente sua posição e garantindo até mesmo uma visibilidade gratuita para a marca.

4 – Faça testes AB – se o profissional está em dúvida sobre o formato do layout, a cor dos elementos ou até mesmo a posição, a recomendação é fazer testes constantes para chegar ao modelo mais adequado. Basta criar páginas com algumas propostas e verificar qual teve melhor aderência perante o público.

5 – Mensure – por fim, mensure tudo. Diferente de uma mídia offline, o site sempre pode ser avaliado por diferentes métricas. Com os dados em mãos, a empresa cria um mapa de navegação do projeto, identificando as áreas que mais prenderam a atenção do usuário, e até mesmo estipular um funil de metas. Dessa forma, garantem um aperfeiçoamento constante da página e principalmente o alinhamento com o objetivo proposto no início do projeto.

Fonte: Publicidade na Web

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *