E-mail marketing é essencial e indispensável para empresa

E-mail marketing é essencial e indispensável para empresa. O bom e velho e-mail marketing é visto por alguns como antiquado, que o consideram como o vovô do marketing digital. Desprovido da popularidade das mídias sociais e recebendo investimentos muito inferiores aos dos links patrocinados, o e-mail marketing é um injustiçado. A nova geração ignora as glórias daquele que já ajudava seus pais a venderem pela internet desde o final de década de 90!

E você, profissional de marketing digital ou empreendedor que utiliza a web para alavancar seus negócios, responda: seu objetivo é ser uma celebridade na internet ou quer apenas que ela te ajude a impulsionar os resultados das suas campanhas ou sua empresa?

Se sua resposta foi “resultados”, saiba que o bom e velho e-mail é uma das formas mais eficientes de marketing digital, direto ao ponto, sem rodeios nem gracinhas e com um investimento bem pequeno comparado a outras mídias online. Se você tem dúvidas, elas serão respondidas nesse artigo.

Penetração de mercado

O e-mail é visto como algo intrínseco ao próprio uso da internet. Você provavelmente já ouviu amigos dizerem que saíram ou pretendem sair de alguma rede social, mas duvido que tenha ouvido algum amigo dizer que iria abandonar o uso do e-mail.

Também não dá para subestimar o poder de alcance do serviço. De acordo com pesquisas da Exact Target, atualmente 95% dos consumidores online usam e-mail, o que representa mais de 3 bilhões de contas ativas no mundo. Desse total de consumidores com contas ativas, 91% checam suas caixas de entrada pelo menos uma vez ao dia.

E-mail Marketing Alcance

Por falar em redes sociais, vamos fazer uma pequena comparação entre o alcance delas e o do e-mail marketing. Para isso, tomaremos como referência o Facebook, de longe a rede social mais utilizada do mundo.

Digamos que você tenha 10 mil seguidores no Facebook. Ficou animado com a possibilidade de falar diretamente para esse número considerável de potenciais consumidores, certo? Mas, na prática, a coisa é muito diferente. Desse total de 10 mil pessoas, suas postagens mais populares dificilmente vão atingir 500 seguidores.

No caso do e-mail, considerando que aproximadamente 4% das mensagens são direcionadas para a caixa de spam e outros 18% bloqueados ou perdidos por algum outro motivo (dados de pesquisas da ReturnPath), você ainda tem quase 80% de mensagens entregues. Daí até o fechamento do negócio, tudo depende da sua abordagem comercial e de marketing.

E-mail Marketing Custos

Alguns costumam dizer que mídias sociais são gratuitas. Na verdade, gratuito é apenas criar uma conta. Para se obter resultados efetivos, são necessários consideráveis investimentos em equipe, posts patrocinados e, não menos importante, tempo. O retorno em mídias sociais ocorre no mínimo em médio prazo.

E o que dizer dos links patrocinados em buscadores? Eles representam custos diretos desde o primeiro clique, sem falar na necessidade de profissionais com experiência para realizar a otimização dos investimentos.

Por isso, o e-mail marketing continua sendo uma das formas mais baratas de marketing digital.

Hora de ser pragmático

Com tudo isso, não queremos dizer que as outras formas de marketing mencionadas nesse artigo não sejam importantes. Através de uma base consistente de e-mails, você poderá comprovar: e-mail marketing vende! Ainda de acordo com a Exact Target, para cada R$1 investido, R$44,25 é o retorno médio.

Mas no momento da decisão dos seus investimentos, você deve ser mais pragmático e avaliar as opções com base no potencial de retorno de cada uma delas.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *