Facebook ficando ainda mais corporativo

Facebook ficando ainda mais corporativo. O Facebook reformulou o modelo da página que empresas podem criar no site, o que dá às companhias uma nova opção para divulgar seus produtos entre os 845 milhões de usuários dessa rede social.

O novo modelo permite às companhias, assim como celebridades e bandas, criar pequenos sites dentro do Facebook sob o formato da “Linha do Tempo” que o site adotou no começo do ano para os perfis.

Ainda em fevereiro, o Facebook anunciou o plano de levantar 5 bilhões de dólares em uma oferta pública inicial de ações (IPO, em inglês) que deve avaliar a companhia entre 75 bilhões de dólares e 100 bilhões de dólares.

O site teve receita de 3,7 bilhões de dólares no ano passado, e a publicidade respondeu por 85% deste montante. As companhias fazem as páginas no Facebook sem pagar nada, mas a ideia é que as que atraírem maior interesse do público se interessem no serviço de publicidade.

Macy’s, Coca-Cola e Walmart foram as primeiras companhias a adotar a nova versão, que dá maiores possibilidades em design e mídias. Uma Linha do Tempo permite às companhias criarem páginas customizadas sobre anos passados com imagens da história da companhia.