Google americano modifica interface

Google americano modifica interface. A interface fica mais limpa, facilitando a visualização e detalhamento de resutlados. Por enquanto, apenas usuários dos EUA receberam a atualização

O Google anunciou uma atualização para a sua página de resultados de busca. A lista de links que fica atualmente localizada à esquerda da tela, agora estará localizada no topo – bem embaixo da caixa de pesquisa.

A novidade chega inicialmente para usuários dos Estados Unidos, mas será estendida a todos os demais países em breve. No entanto, a empresa não informou prazos.

A ideia é que as mudanças facilitem a vida do usuário na hora de buscar por informações específicas. Segundo o post no blog oficial, o objetivo seria criar uma interface mais limpa e clara, além de “uma experiência consistente”.

Mover a barra lateral para o topo da página deu ao site mais espaço para exibir os resultados por meio do Knowledge Graph. Além disso, a nova interface se adapta a todos dispositivos.

“Você notará um novo design, mais simples e mais limpo, para a página de resultados de busca. Estamos trabalhando em novas maneiras para criar uma experiência consistente para todos os diversos dispositivos e tamanhos de tela que as pessoas utilizam atualmente. Começamos pelos tablets no ano passado. Há algumas semanas implementamos a experiência para os smartphones e agora estamos lançando a novidade para desktops”, diz o anúncio oficial.

Modificações
Além das opções de buscas já conhecidas, como “Web”, “Imagens”, “Mapas”, “Vídeos”, etc., o Google moveu as opções para buscas avançadas para o topo da página também – lá o usuário pode encontrar as categorias para detalhar melhor os resultados da pesquisa em opções como “Sites com imagens”, “Buscas relacionadas”, “Páginas visitadas”, “Páginas ainda não visitadas”, “Dicionário”, entre outras.

Essas opções aparecem quando o usuário clica no botão “Ferramentas de pesquisa” (“Search tools”, em inglês) – é o último botão da barra de detalhamento da pesquisa. “Com o novo projeto há um pouco mais espaço para respirar, e focar melhor nas respostas que você procura, sejam elas resultados web, ou do recurso Knowledge Graph”, diz o comunicado.