Mercado de imóveis nas mídias sociais

Mercado de imóveis nas mídias sociais. Pesquisa revela dados sobre o uso de mídias sociais por compradores de imóveis. Resultado indica relação entre o uso de redes sociais e aspectos demográficos.

Dada à importância crescente dos canais online, a Lopes, empresa de intermediação e consultoria imobiliária, realizou um estudo específico sobre o uso das mídias sociais pelos interessados na compra de imóvel. Com 1.193 pesquisados, o estudo mostrou que 64% dos entrevistados utilizam as redes sociais, havendo uma relação direta de aumento entre o público mais jovem.

Enquanto, apenas 31% dos usuários entre 50 a 74 anos usam as redes sociais, o público de 18 a 34 anos, a geração Y, tem um índice de uso de 72%. Para os categorizados como geração X, isto é, usuários entre 35 e 49 anos, o uso desses canais é comum para 55%.

O estudo também mostrou que há uma relação inversamente proporcional entre o uso de redes sócias e os aspectos demográficos. Entre os clientes com renda familiar mensal até R$ 6,9 mil 71% são usuários assíduos de mídias sociais, relação que diminuiu em famílias com renda a partir de R$ 30 mil, em que somente 27% utilizam as ferramentas online.