Falta vendas móvel da maioria das empresas

Falta vendas móvel da maioria das empresas. O aumento do uso de smartphones e tablets no Brasil está abrindo um novo espaço para o e-commerce: o consumo via internet mobile.

Pouco explorada, a venda de serviços e produtos por smartphones e tablets ainda não é oferecida por 70% das empresas do setor, de acordo com um estudo feito pela consultoria Econsultancy em associação com a RedEye. O estudo, que foi desenvolvido em outubro desse ano, mostrou ainda que apenas 25% das empresas já desenvolveram layouts específicos para telefones móveis, enquanto apenas 13% relatam o mesmo para tablets.

Empresários como Roberto Cardaretti, fundador do site de compras coletivas Mix Oferta, já está de olho nessa oportunidade e já desenvolvem seus sites com esse foco.

“Atualmente os celulares funcionam como ferramentas para otimizar a compra. Infelizmente a maioria dos sites atuais ainda não finaliza o processo de venda por conta dos procedimentos de pagamento e segurança que são exigidos”, explica Roberto, que tem planos de desenvolver um aplicativo próprio para iPhone em 2012.

Além disso, os dados colhidos em outubro de 2011 mostraram que apenas 33% das agências criadoras de sites e apps têm recebido esse tipo de demanda dos clientes. Celso Fortes, diretor da agência Novos Elementos, que cria e desenvolve aplicativos para internet, afirma que a falta de profissionais capacitados para o serviço acaba espantando os empresários.

“São poucos os profissionais que fazem esse tipo de tecnologia de ponta, mas a adaptação traz muitos benefícios, facilitando a proximidade com o consumidor, uma vez que ele pode comprar produtos e serviços aonde quer que esteja”, afirma.