Branding compreensão e aplicação

Branding compreensão e aplicação, as empresas ainda não compreendem a amplitude das estratégias da marca. Mais atenção à gestão de risco e um olhar gerencial sobre as ações são tendências apontadas.

As estratégias de branding devem passar por um amadurecimento em 2013. Cada vez mais pensadas para englobar toda a organização, as ações elaboradas pelas marcas estarão mais associadas a aspectos gerenciais e à gestão de risco. Um dos principais desafios é fazer com que o branding seja compreendido em toda a sua extensão, transmitindo o propósito e os valores da marca para toda a organização.

A preocupação com a mensuração de todas as ações de Marketing e com o retorno sobre os investimentos (Roi) aumentará neste ano, pois há uma consciência maior do impacto financeiro gerado por problemas de imagem e reputação. Os projetos relativos ao branding deverão estar mais interligados aos processos operacionais. Esta integração com a gestão é importante para que a empresa transmita uma imagem coerente.

As ações táticas não podem mais ser pensadas de forma isolada, mas como parte de um plano estratégico envolvendo não apenas o departamento de Marketing, mas toda a empresa. “Este é o assunto do momento. As estratégias das marcas precisam ser pensadas do ponto de vista gerencial para que sejam fortalecidas pelos processos internos. O mais importante não é comunicar valor, mas sim conseguir entregar aos consumidores as promessas que são feitas. Isso deve acontecer de maneira contínua e em todos os pontos de contato.”