Campanha de protesto em rede social

Campanha de protesto em rede social. Campanha para que Lula se trate no SUS ultrapassa 123 mil compartilhamentos no Facebook.

Após diagnóstico de câncer na laringe do ex-presidente, corrente foi lançada em forma de protesto contra a má administração do sistema público de saúde.

Na manhã do último sábado (29 de outubro), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve diagnosticado um câncer na laringe. Nesse mesmo dia, o usuário Anderson Moreira lançou uma campanha chamada “Lula, faça o tratamento pelo SUS!” na maior rede social do planeta, o Facebook.

O que o jovem não sabia era a amplitude que sua ação iria ganhar. Dois dias depois, a corrente para que o político tratasse sua doença pelo Sistema Único de Saúde já havia sido compartilhada por mais de 123 mil pessoas.

A grande maioria dos internautas disseminou a publicação sem fazer comentários. Contudo, outra parte daqueles que compartilharam a mensagem aproveitou para explicitar sua opinião, deixando bem claro que a campanha foi encarada como uma forma irônica de protesto contra a má administração da saúde no Brasil.