Gastos com Publicidade Digital para 2015

Gastos com Publicidade Digital para 2015. Segundo agência Wark, gasto com anúncios na rede superará o despendido com revistas e jornais. Este ano crescerá 23,8%.

Até 2015 o gasto das empresas no Brasil com anúncios na Internet deve superar o despendido em veículos impressos. Esta é a previsão da agência de marketing Wark, que analisou outros 12 países, como Estados Unidos, Alemanha e Japão.

O estudo conclui que as nações em desenvolvimento é que puxarão as despesas com publicidade para cima. O setor avançará este ano 16,5% na Rússia, 14% na Índia e 11,5% na China. O Brasil, em quarto, verá um crescimento de 8,5%, ante os 7,1% do ano passado.

Globalmente, o investimento das companhias com campanhas na rede aumentarão 12,6% em 2012 – 23,8% no Brasil – enquanto que o reservado para revistas e jornais cairá, respectivamente, 12% e 2%. Por aqui, no entanto, avançará 3,6% e 6%.

“É importante lembrar que, embora tenha apenas 6% dos gastos em publicidade no Brasil, a Internet cresce muito rápido, de 20% a 50% desde que iniciamos a pesquisa”, afirmou Suzy Young, editora de informação da Wark, à rede BBC. “Todas as outras mídias estão perdendo participação para o online, principalmente impressos e rádio, embora a TV ainda seja dominante”, completou.

Embora o gasto com anúncios na Internet seja o que mais cresce no País, o índice continua bem menor em relação à Europa e Estados Unidos. Lá ele já responde por 20% do total, enquanto que por aqui não passou a casa dos 10%.

A participação do Brasil sobre o montante investido em publicidade nos 13 países pesquisados deve chegar a 4,5% no fim do ano (30,1 bilhões de reais) 50% a mais do que o medido em 2003. A China, no mesmo período, também avançou, de 6,5% para 12,2%, enquanto que os Estados Unidos regrediram, de 50,4% para 41,6%.