Publicidade móvel ajuda Facebook

Publicidade móvel ajuda Facebook. O Facebook anunciou, os seus tão aguardados resultados financeiros para o segundo semestre. Foi a primeira divulgação do faturamento da empresa desde o seu IPO, em maio.

Os números ficaram dentro das expectativas de Wall Street, com alta de 32% no faturamento (US$ 1,18 bilhão, dos quais US$ 992 milhões vieram de publicidade), mas a rede social apresentou prejuízo de US$ 157 milhões em relação ao ano passado.

As ações acumularam quase 30% em perdas desde a oferta inicial, ao valor de US$ 38. A rede social foi a primeira companhia norte-americana a ter o IPO estimado em mais de US$ 100 bi.

A empresa tira bons proveitos do mercado móvel. Lançado em junho, o formato publicitário “Sponsored Stories”, disponível nos smartphones, arrecadou US$ 183 milhões em receitas publicitárias. Isso leva a rede social ao posto de segunda maior plataforma de publicidade móvel, atrás apenas do Google.

Durante a divulgação dos resultados, o CEO Mark Zuckerberg afirmou que os usuários de smartphones possuem 20% mais chances de acessar a rede social durante o dia. Ele também acrescentou que espera o dia em que 5 bilhões de pessoas terão um smartphone, mas revelou que não faz sentido o Facebook lançar um aparelho próprio.

O Facebook conta atualmente com 955 milhões de usuários, sendo 543 milhões presentes na plataforma móvel.