Posts

E-mail marketing é essencial e indispensável para empresa

E-mail marketing é essencial e indispensável para empresa. O bom e velho e-mail marketing é visto por alguns como antiquado, que o consideram como o vovô do marketing digital. Desprovido da popularidade das mídias sociais e recebendo investimentos muito inferiores aos dos links patrocinados, o e-mail marketing é um injustiçado. A nova geração ignora as glórias daquele que já ajudava seus pais a venderem pela internet desde o final de década de 90! Leia mais

E-commerce vendendo mais com e-mail marketing

E-commerce vendendo mais com e-mail marketing. Embora muitos tenham decretado a baixa popularidade do email marketing como gerador de vendas, uma nova pesquisa mostra que este canal está mais vivo do que nunca, quando se trata de alavancar as vendas em sites de comércio eletrônico.

Dos consumidores norte-americanos entrevistados, 66% deles afirmam ter comprado pela internet após ter visualizado um e-mail, à frente da proporção que afirma ter feito o mesmo por influência de mensagens postadas no Facebook (20 %) ou de mensagens de texto (16%).

Curiosamente, a pesquisa também mostra que 77% dos consumidores entrevistados preferem receber em seu correio eletrônico mensagens de marketing, enquanto apenas 45 por cento afirmam o mesmo para mensagens de amigos. Por outro lado, apenas 5% dos consumidores preferem receber mensagens de marketing em sites de redes sociais.

O e-mail também é amplamente utilizado como meio de comunicação on-line, com 96% dos compradores afirmando utilizar mensagens eletrônicas ao menos um vez por semana. Além disso, 76% dos inquiridos disseram que o e-mail é o canal preferencial para o atendimento ao cliente.

Embora 70% dos entrevistados utilizem o Facebook semanalmente, apenas 20% acessam o Twitter com esta frequência. O Facebook também é duas vezes mais eficaz que o Twitter quando o assunto é influenciar adolescentes (com idades entre 15-17 anos) a comprar em sites de varejo, mas ambos muito atrás do poder de persuasão do email marketing.

A guerra contra SPAMs continua

A guerra contra SPAMs continua. Normalmente rivais, gigantes da tecnologia como Google, Facebook, Microsoft e Yahoo! decidiram combinar forças contra um inimigo comum: o spam. Sim, aquele lixo eletrênico, as propagandas indesejadas que entopem seus e-mails. Leia mais

Acordo tenta diminuir com Spams

Acordo tenta diminuir com Spams. O Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) anunciou no dia 23 de dezembro, um acordo com entidades como a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para que todos os provedores alterem, no prazo de 12 meses, a porta de saída de e-mails a fim de reduzir o volume de spams enviados por computadores brasileiros infectados. Leia mais